Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saia Amarela

Sempre adorei Moda, Glamour, Fitness, Alimentação saudável e tudo o que envolva equilíbrio do corpo e da mente. E assim surgiu Saia Amarela, um espaço onde podes te reencontrar!!!!

Saia Amarela

Sempre adorei Moda, Glamour, Fitness, Alimentação saudável e tudo o que envolva equilíbrio do corpo e da mente. E assim surgiu Saia Amarela, um espaço onde podes te reencontrar!!!!

Emagreci e tu… Porque não sais, celulite? A Kika explica

 

A celulite é umaforma natural que o nosso corpo tem dearmazenar gordura em excesso. As ondulações que a tornam similar à casca de laranja surgem com o depósito de gordura, líquidos e toxinas por baixo da pele.

 


Ao contrário do que pode parecer, este problema não se limita apenas a casos de excesso de peso. São vários os motivos que justificam o seu aparecimento, desde fatores sobre os quais não temos qualquer influência, como a hereditariedade e as alterações hormonais, a fatores que dependem dos nossos hábitos e comportamentos, como o estilo de vida e problemas circulatórios. Por este motivo, não é incomum encontrarmos casos de mulheres magras que lutam afincadamente contra a celulite e no lado oposto, mulheres acima do peso que apresentam uma pele lisa, livre de ondulações.

 


A celulite não é uma consequência direta do excesso de peso, é sim agravada com a acumulação de gordura consequente do aumento dos números na balança.Perder o peso a mais é uma forma de reduzir os efeitos da pele casca de laranja mas não significa o fim do problema, dado este ser originado pela combinação de vários fatores.
A forma como irás perder peso influencia diretamente o sucesso e eficácia do teu esforço. Neste sentido, tendo em conta a enorme variedade de métodos e tratamentos para perder peso disponíveis no mercado, é imprescindível perceber como funcionam, de forma a maximizar os resultados.

 


Sendo de longe as mais utilizadas por quem quer perder peso, as dietas hipocalóricas baseiam-se no consumo reduzido de calorias. A demora na obtenção de resultados, traduz-se numa grande desmotivação por parte de quem as tenta cumprir – o que sucede muitas vezes neste tipo de dietas, é que as pessoas se privam de comer determinados alimentos, para mais tarde os voltarem a consumir em excesso, devido à ausência de resultados. Ao aumento de peso derivado destes excessos, segue-se uma nova tentativa de emagrecer.

 


Emagrecer e voltar a ganhar peso não é uma forma eficaz de atenuar a celulite.Esta prática é altamente prejudicial para a saúde uma vez que aumenta os níveis de colesterol e desta forma, o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Os riscos não terminam aqui: as flutuações de peso resultantes da adoção e desistência de dietas afetam o metabolismo, o que a longo prazo vai dificultar a perda, controlo e manutenção do peso, propiciando problemas psicológicos como a diminuição da autoestima decorrente dos sentimentos de fracasso e frustração.
Por outro lado, a dieta proteinada, prescrita por um médico formado para o efeito e com o apoio de uma equipa multidisciplinar tem-se revelado uma alternativa eficaz na perda de peso. Este tratamento de baixo valor calórico e normoproteico utiliza os depósitos de gordura como fonte energética, num processo de cetose controlada que permite perder peso à custa da massa gorda, preservando a massa muscular.

 


É precisamente a utilização da cetose controlada neste método que permite a redução eficaz da celulite: sendo a pele casca de laranja uma forma de depósito de gordura superficial, esta será utilizada pelo organismo no processo de cetose – na queima de gordura para obter energia. Além de ter um efeito lipolítico poderoso para reduzir a gordura subcutânea acumulada, a cetose ajuda a eliminar toxinas e líquidos, reduzindo o edema característico da celulite (acumulação de líquidos).

 


Segundo o estudo PROKAL, uma análise comparativa entre a dieta proteinada e a dieta hipocalórica permitiu verificar que em 12 meses, são perdidos cerca de 20 quilos face aos 7 quilos alcançados com a dieta hipocalórica (dos quais 14 são perdidos nos dois primeiros meses, contra os 5 quilos da dieta hipocalórica). A rapidez dos resultados assume grande importância no sucesso deste método, uma vez que aumenta a adesão e dedicação do paciente com o tratamento e areeducação dos seus hábitos.

 


Além disso, o mesmo estudo comprova que a realização de uma dieta proteinada com acompanhamento médico e o apoio de uma equipa multidisciplinar composta por nutricionistas, técnicos de atividade física e profissionais de coaching, favorece uma perda de peso rápida, à custa de gordura (92% do peso perdido com este tratamento deve-se à massa gorda). Com a eliminação da gordura a celulite é significativamente atenuada, facto visível desde o início do tratamento.

Emagreci e tu… Porque não sais, celulite?

Vamoa lá mennas???? A Kika já está a tratar do assunto..

Beijinhos