Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Saia Amarela

Sempre adorei Moda, Glamour, Fitness, Alimentação saudável e tudo o que envolva equilíbrio do corpo e da mente. E assim surgiu Saia Amarela, um espaço onde podes te reencontrar!!!!

Saia Amarela

Sempre adorei Moda, Glamour, Fitness, Alimentação saudável e tudo o que envolva equilíbrio do corpo e da mente. E assim surgiu Saia Amarela, um espaço onde podes te reencontrar!!!!

Bolo de chocolate com morangos...

Ingredientes:

– 100 gramas de chocolate preto sem açúcar (+70% de cacau);

– 3 Ovos;

– ½ Chávena de óleo de coco;

– ¼ Chávena de cacau em pó;

– ¾ Chávena de mel

 

Preparação:

1. Aqueça previamente o forno a 190º. Derreta o chocolate com o óleo de coco em banho-maria (ou no micro-ondas por períodos de 30 segundos ou no forno 3-4 minutos);

2. Bata à mão o chocolate derretido com o mel, ovos e o cacau em pó, até formar uma massa homogénea;

3. Coloque numa forma de fundo amovível previamente untada com óleo de coco;

4. Leve ao forno durante 20 a 25 minutos, deixe arrefecer durante uns 15 minutos e pode desenformar;

5. Decore com morangos a gosto.

 

Preparação:

1. Aqueça previamente o forno a 190º. Derreta o chocolate com o óleo de coco em banho-maria (ou no micro-ondas por períodos de 30 segundos ou no forno 3-4 minutos);

2. Bata à mão o chocolate derretido com o mel, ovos e o cacau em pó, até formar uma massa homogénea;

3. Coloque numa forma de fundo amovível previamente untada com óleo de coco;

4. Leve ao forno durante 20 a 25 minutos, deixe arrefecer durante uns 15 minutos e pode desenformar;

5. Decore com morangos a gosto.

Delicie-se.

Resultado de imagem para bolo de chocolate

 

QUEQUES DE AVEIA E IOGURTE pela KIKA

Olá Olá...Como estão? Hoje como combinado a Saia e a Kikafizemos uns Queques de maçãcom aveia, sem açucar, muito light.

São fáceis defazer e deliciosos...

Beijinhos

 

queques-aveia-chocolate.jpg

 

 

INGREDIENTES (8­10 QUEQUES) ▪ 2 ovos ▪ 1 maçã (em puré) ▪ 80g de flocos de aveia ▪ 40g de farinha de aveia ▪ 1 iogurte sólido magro (aroma à escolha) ▪ 1 scoop de whey ▪ Canela q.b. (opcional) ▪ 1 c. chá de fermento em pó

 

 

PREPARAÇÃO ▪ Cozer a maçã e triturar até obter puré. Misturar todos os ingredientes, colocar em formas de silicone e levar ao forno, pré‐aquecido, a 180 ºC, durante 20‐25 minutos. E voilá.....

Bom apetite!!!!!!!!

Alimentos para dormir melhor by KIKA

Alimentos ricos em açúcar, cafeína e chá verde podem contribuir para a insónias sendo a duração do sono inversamente associada à maior ingestão de açúcar. 

 

O consumo excessivo de cafeína (> 500 mg por dia) pode causar consequências negativas para a saúde, tais como insóniaagitação psicomotoracefaleias e distúrbios gastrointestinais.

 

A suplementação dietética de triptofano pode estimular a atividade da serotonina e promover o sono.

  • Alimentos ricos em triptofano são: pão, amendoins, aveia, ameixa, banana e maçã.

 Estudos indicam que a dieta influencia a síntese e concentração de melatonina. O consumo de alimentos ricos em melatonina poderá melhorar o sono.

  • Alimentos ricos em melatonina: tomatenozesarrozcevadamorangoazeite e uvas.

 Os cereais e derivados integrais e alimentos ricos em hidratos de carbono com baixo teor de gordura, apresentam também tendência para provocar sonolência. Esta característica pode ser especialmente útil para ajudá-lo a dormir melhor.

  • Estes são alguns exemplos deste tipo de alimentos: Cereais integraispão integralbolachas integraistostas integraisbatatamassaarroz branco ou integralbananasumo de maçãsumo 100% de fruta e polpas de fruta. 

 

Para ajudá-lo a dormir melhor evite alimentos com cafeína e álcool pelo menos até 4 horas antes de dormir. Tente também não ingerir uma grande quantidade de líquidos antes de adormecer para não interromper o seu sono.

Tenha com um sono descansado!!!!! Beijinhos da Kika.

Resultado de imagem para alimentam que ajudam a dormir melhor

 

Pudim de chia.....

No início da semana, a Saiae a Kika proprõem um sobremesa bem simples e nutritiva.

 

Esta é daquelas receitas que tem o seu “q” de magia! Com umas quantas sementinhas de chia podemos fazer um pudim!

Uma sobremesa saudável e nutritiva e sobretudo muito fácil!

 

Ingredientes para  4 taças pequenas:

 

. 1 lata de leite de côco (400 ml)

. 100 ml de água

. sumo de 1 lima

. raspa de 1 lima

. 2 colheres de sopa de côco ralado

. 1 colher de sopa de mel ou mapple syrup

. 3 colheres de sopa de sementes de chia

 

Misturar todos os ingredientes numa tigela e esperar 5 minutos até a mistura começar a engrossar.

Dividir a mistura por taças e guardar no frigorífico por mín 1 hora.

 

Nota: o idela é deixar de um dia para o outro!

Nota: a consistência do pudim depende do tipo de leite de côco. Deverá utilizar um leite espesso. Se usar um leite mais líquido não adicione a água e, caso fique demasiado líquido pode adicionar mais uma colher de chia.

 

Servir ao pequeno almoço, lanche da manhã ou sobremesa! É multiusos!

 

ChiaPudding3

Saladas quentes ara o Inverno by KIKA

Estamos habituados a que uma salada seja fria e tenha como base a alface mas, que tal reinventá-la com uma base diferente e torná-la quente? A Saia e a Kika fizeram uma experiência e resolveram experimentar uma salada quente, para estes dias mais frios. Ficamos saciados e não comprometemos a dieta.

Ora vejam se gostam.

Miaus da Kika.

 

Ingredientes [para 1 dose]:

1/4 de uma cabeça média de couve-roxa

1 maçã (qualidade à escolha)

1 pedaço (aprox. 2cm) de gengibre fresco

1 rabanete sem rama

1/2 abacate

1 mão cheia de nozes

Coentros a gosto

Para o molho:

2 colheres de sopa de azeite

1 colher de chá de mel ou agave

1 colher de sopa de vinagre balsâmico (de preferência biológico, sem sulfitos e açúcar refinado)

Sal e pimenta a gosto

 

Instruções:

1. Ralar a couve-roxa, a maçã e o gengibre para uma taça média;

2. Numa tacinha à parte, colocar os ingredientes para o molho e mexer bem;

3. Adicionar o molho à taça da salada e envolver;

4. Colocar uma frigideira larga ou wok ao lume e juntar o preparado da taça;

5. Saltear por cerca de 5 minutos, retirar do lume e servir acrescentando o rabanete e o abacate cortados às fatias, juntamente com as nozes e os coentros.

 

Sigam-nos das nossas redes sociais: Facebbok e Instagram.

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Jejum intermitente....pela Kika e Saiaamarela

Olá, de volta ao Blog da Saia... e com um tema super na moda,  JEJUM.

Vamos escalerecer várias dúvidas, eu e a Kika, claro, que está com muitas saudades vossas,

Beijinhossssss

 

Por definição, jejumsignifica a abstinência voluntária da ingestão de alimentos por um período de tempo especificado, e é uma prática bem conhecida associada a muitas tradições religiosas e espirituais. Por exemplo, os muçulmanos, durante o Ramadão, jejuam desde o amanhecer até ao anoitecer.

jejum é distinto da restrição calórica, em que a ingestão calórica diária é reduzida até 40%, mas a frequência das refeições é mantida. Já no jejum, um dos pontos chaves é que a frequência das refeições é reduzida para um período de tempo específico, onde não há controlo do valor calórico ingerido.

O ato de se quebrar o jejum, iniciando o dia alimentar, pode ser feito a qualquer momento, por exemplo, ao meio dia, às duas da tarde e não obrigatoriamente no momento em que se acorda.

.

Assim, existem vários tipos de jejum:

 

 

Jejum total em dias alternados

 

 

Envolve dias alternados de jejum (sem alimentos ou bebidas com consumo de energia) com dias onde há consumo de alimentos e bebidas ad libitum

 

 

Regimes de jejuns modificados

 

 

Permite o consumo de 20-25% de necessidades energéticas em dias programados de jejum, envolvendo restrição de energia severa por 2 dias não consecutivos por semana e ad libitum nos outros 5 dias

 

 

Jejum intermitente

 

 

Permite a entrada de energia ad libitum dentro de intervalos de tempo específicos, induzindo um jejum regular (12h, 16h, 18h).

 

 

Jejum Religioso

 

 

Variedade de regimes de jejum realizados para fins religiosos ou espirituais

.

Vários estudos, têm mostrado que o jejum intermitente, poderá ser uma ferramenta útil para melhorar a saúde da população em geral, devido aos inúmeros benefícios que este induzEstes efeitos relatados, provavelmente, são mediados através de mudanças nas vias metabólicas e celulares, devido a processos como a lipólise e a autofagia.

Estudos em atletas, também demonstram que durante um programa de jejum intermitente há manutenção da massa magra e redução da gordura corporal, bem como dos marcadores inflamatórios. No entanto, também há redução dos níveis de testosterona e IGF-1. Existe evidência limitada que ligam regimes de jejum intermitente com resultados clínicos em doenças como a diabetes, doenças cardiovasculares, cancro Alzheimer, e portanto, mais pesquisas têm que ser feitas.

Numa primeira fase, quando começamos o jejum, a maior parte do corpo está a queimar glicose exógena, que provém dos hidratos de carbono ingeridos. Se continuarmos o jejum, o glicogénio armazenado no corpo fornece a maior parte da glicose necessária. A maioria dos tecidos ainda está a queimar glicose, porém, os músculos, fígado e células de gordura começam a queimar gordura. Quando o stock de glicogénio acaba, inicia-se o processo de gliconeogénese (formação de glicose pelo fígado e rins) que começa a fornecer toda a glicose necessária ao organismo. Porém, somente o cérebro, os glóbulos vermelhos e a medula renal usam glicose e desta forma há utilização de gordura como fonte energética.

 

Como fazer:

Pode ser feito diariamente, por 12h16h ou 18honde o período noturno também é contabilizado. Desta forma, se optar por fazer um jejum de 16h, irá ter um período de 8h livres, onde poderá fazer a sua alimentação. A ideia será almoçar e jantar dentro deste intervalo de tempo e jejuar no restante.

Durante, o jejum, não é suposto haver qualquer ingestão alimentar, no entanto, pode existir consumo de bebidas, como a água, chás e cafés, sem adição de açúcar.

 

Benefícios

Queima de gordura;

Redução de peso;

Aumento da sensibilidade à insulina;

Redução do colesterol total;

Redução de triglicéridos;

Redução de marcadores de inflamação;

Sensação de bem-estar e saciedade;

Mais energia e aumento do metabolismo basal;

Controlo estável da glicose no sangue;

Redução da depressão;

Aumento da concentração;

Diminuição da ansiedade.

 

Mousse de Manga pela Kika e Saiaamarela....deliciosa

Hoje vamos vos dar uma receita dos Deuses. Pouco calórica, porque não tem açúcar, muito protéinica e nutritiva. Ideal para quem se encontra num regime de emagrecimento ou não quer aumentar o peso.

Ingredientes:

7 Folhas de gelatina neutra;

60ml de claras (cerca de 2 claras);

400g Queijo fresco batido ou iogurte natural proteico;

800g de polpa de manga (ou manga em puré).

 

.

Preparação

1. Demolhar as folhas de gelatina em água.

2. Com a batedeira eléctrica, bater as claras em castelo.

3. Juntar o queijo batido ou iogurte e bater bem.

4. Juntar a polpa de manga e bater novamente.

5. Juntar as folhas de gelatina derretidas à polpa de manga, iogurte e claras e incorporar.

6. Levar ao frio até solidificar.

 

 

Muito fácil e rápida, ideal para os dias que correm.

A Kika e a Saia adoraram.

 

Resultado de imagem para mousse de manga

SOPA DE ABÓBORA, PERA E CURCUMA pela kika

E porque o frio já chegou para ficar, nada sabe melhor do que uma sopa quente e reconfortante. Para além da abóbora e pera, alimentos comuns no outono, esta sopa tem curcuma, uma especiaria que também é conhecida por açafrão das índias e que apresenta efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, principalmente quando conjugada com a pimenta preta.

Deixo-vos a receita desta sopa cremosa e deliciosa:

 

ngredientes:

½ cebola

300g abóbora

250g couve-flor

1 cenoura grande

2 peras

1,5 litros de água a ferver

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de chá de sal

¼ colher de chá de curcuma em pó ou açafrão das índias

Pimenta preta a gosto

 

Instruções

  1. Começar por cortar os legumes aos pedaços;
  2. Numa panela grande, refogar em azeite a cebola, a abóbora, a couve-flor e a cenoura por cerca de 5 minutos, colocando também o sal;
  3. Adicionar a água a ferver e deixar cozinhar por cerca de 20 minutos, com a tampa entreaberta;
  4. Acrescentar as peras, a curcuma em pó e a pimenta preta e cozinhar por mais 10 minutos ou até todos os legumes terem amolecido;
  5. Retirar do lume, passar pela varinha mágica (*) e está pronta a servir.

 

*Nota: Se pretender uma textura mais líquida, acrescente mais água a ferver quando estiver a triturar os legumes com a varinha mágica.

 

A kika e eu adoramos este sabor.

Experimentem.

Beijinhos

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

SOL SAUDÁVEL by Kika

Não só no auge do verão, nem nos dias de praia e muito menos não só quando a pele demonstrar sinais de velhice. A nossa pele é para ser tratada todo o ano, para um aspeto bonito mas principalmente um verdadeiro cuidado interior. É por isso que não me canso de vos alertar para o uso de protetor solar.

Sabem que o cancro da pele é indolor? É por isso que muitas vezes é diagnosticado tarde de mais. Mas mesmo não falando em casos tão extremos, uma pele estragada e com aspeto envelhecido deve-se à falta de cuidados com o sol. E eu sei que todas querem um bronze invejável – eu também não fico de fora desse desejo tão comum! – mas nada como ganhar o nosso tom de verão de uma forma saudável, pois de que nos serve estar morenas se a pele está estragada e descuidada?

Há cuidados óbvios, como usar protetor solar não só na praia, mas sempre que estivermos expostas ao sol e reforçar a sua aplicação nas horas de maior calor. Mas os cuidados começam antes disso: na compra do produto mais indicado a cada caso.

Comecemos pelo Fator de Proteção Solar: é isso que significa o famoso FPS que vemos em todas as embalagens e que indica o nível de proteção que o protetor solar tem sobre o filtro solar. Quanto maior o FPS, maior a proteção.

Claro que a proteção de cada protetor solar depende de fatores como o horário a que nos expomos ao sol ou a quantidade de vezes que vamos à água, mas para facilitar, associem o nível de FPS ao vosso tom de pele. Quanto mais clara a pele, maior a necessidade de proteção, claro, pois as peles mais morenas têm uma defesa natural ao sol (o que não implica que prescindam do uso do protetor, atenção!)

Em segundo lugar, e ainda na fase de compra do protetor solar perfeito para o vosso caso, procurem um produto que proteja não só dos raios UVA como dos UVB: há muitos produtos que protegem a pele apenas dos raios UVA, que são os responsáveis pelo bronzeamento da pele, bem como do envelhecimento da mesma. Já os raios UVB, embora digam respeito a apenas 5% dos raios que atingem a terra, são muito potentes, sendo os responsáveis pelas queimaduras solares. Ou seja, um protetor solar que defenda a nossa pele destes dois tipos de raios é uma arma mais completa.

Esclarecidos os pontos sobre as partes mais técnicas, importa também ter em conta o tipo de pele. Se temos pele tendencialmente oleosa, um protetor solar em spray poderá ser mais indicado, enquanto que um creme de textura mais fluida poderá ser preferido por quem tenha pele mais seca ou mista. Mas aqui depende muito do gosto de cada um, e do que cada uma achar ser mais simples de se aplicar.

Mais: um protetor de rosto é diferente de um de corpo. Porquê? Tendencialmente o creme de corpo é mais oleoso, uma textura que não deve ser usada no rosto, que é por natureza a parte do corpo mais oleosa. Além disso, é mais intenso, pois o corpo fica dentro de água mais tempo que o rosto. Por outro lado, o protetor solar de rosto, além de proteger a pele dos raios solares, conta com outras características especialmente pensadas na pele facial como hidratação, ativos que retardam o envelhecimento da pele e controlo da oleosidade da pele.

Os cremes de rosto e corpo são os maios comuns, mas há todo um mundo de protetores específicos, como para os cabelos, lábios e mesmo para as mãos! Sejamos honestas, não é isso que nos fará ir demasiado carregadas para a praia, e vale mesmo a pena ter estes cuidados específicos.

Por fim, as dicas mais práticas: se vão fazer exercício físico ao ar livre, passear ou mesmo para o trabalho, o protetor solar não deve ser esquecido. Em casos de exposição solar mais intensa – onde a praia é o cenário mais óbvio – aplicar o protetor solar cerca de 15 minutos antes da exposição solar e repetir a aplicação no máximo de duas em duas horas, dependendo do período em que estiverem ao sol.

Esclarecidas? Apenas mais um ponto: a lista de cuidados pode parecer extensa, mas o sol é mais que indispensável à vida. Tem um poder incrível sobre o humor, podendo servir como “medicamento” natural a estados depressivos. Além disso, relaxa o corpo e até ajuda à fixação de cálcio nos ossos. Por isso, não estou a convidar ninguém a esconder-se deste poderoso amigo, apenas a garantir que tomem os devidos cuidados, para que a curto e longo prazo gozem do sol a 100%.

01

 

Beijinhos da KIka....